CCR ViaOeste registra queda no número de acidentes no sistema Castelo/Raposo em 2016

A CCR ViaOeste, empresa que integra o Programa de Concessão de Rodovias do Estado de São Paulo, registrou em 2016, pelo terceiro ano consecutivo, a redução do Índice de Acidentes no Sistema Castello-Raposo. Nos últimos 3 anos, a redução foi de 9%, já ponderando que, no período, o volume de tráfego se manteve praticamente estável. Atualmente, cerca de 600 mil veículos trafegam diariamente pelo trecho.

Na mesma base de avaliação, o índice de mortos reduziu 40,6% e o de feridos 5,3%. Em números absolutos, os acidentes caíram de 3.418 (2013) para 3.158 (2016); os feridos de 2405 (2013) para 2.310 (2016); e o de mortos de 59 (2013) para 38 (2016). Com o resultado, a concessionária manteve o mesmo patamar do recorde alcançado em 2015, quando registrou o menor total de mortos (37 ocorrências), desde 1999, primeiro ano completo após assumir a concessão do Sistema Castello-Raposo. Em 2015, a concessionária registrou 3.332 acidentes e 2.221 feridos.

Carlos Costa, gestor de Atendimento da CCR ViaOeste, destaca que os resultados são devidos aos investimentos da concessionária na segurança e conforto das rodovias, além do trabalho em parceria com a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), Polícia Militar Rodoviária e o Corpo de Bombeiros. “Desde que a CCR ViaOeste começou a administrar o Sistema Castello-Raposo, os acidentes já caíram 67% e o total de mortes em mais de 62%”, reforça o gestor.