Com saída de cubanos, edital com 8 mil vagas para médicos será publicado hoje (20)

O novo edital do Programa Mais Médicos será publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (20). O anúncio foi feito nesta segunda (19) pelo ministro Saúde, Gilberto Occhi. Serão ofertadas 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba.

Das 8,5 mil vagas, 1,4 mil serão destinadas ao estado de São Paulo. A região de Osasco tem cerca de 120 médicos cubanos prestando atendimento na rede.

As inscrições começam a partir das 8h desta quarta-feira (21) e seguem até o dia 25 deste mês para os médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país. Os profissionais podem se inscrever por meio do site maismedicos.gov.br. O início das atividades está previsto para 3 de dezembro.

“A nossa preocupação foi diminuir os prazos da inscrição até a chegada do médico no município. Essa foi uma medida imediata, melhor forma, mais rápida e mais eficaz de não deixar faltar assistência médica em áreas com médico da cooperação”, ressaltou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

O edital é a medida emergencial adotada pelo governo brasileiro para garantir a assistência em locais que contam com profissionais de Cuba, após o comunicado da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no qual o governo cubano informa que encerrou a cooperação no programa Mais Médicos por divergências com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

A diminuição da participação dos médicos cubanos no Mais Médicos vinha ocorrendo desde 2016. Até aquela data, cerca de 11.400 médicos de Cuba trabalhavam no Mais Médicos e, neste momento, são 8.332 profissionais cubanos em atividade. Além dos médicos ativos, também serão substituídos 185 médicos da cooperação que estavam no período de recesso ou encerrado a participação.

Visão Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.