Coruja é o novo mascote da Secretaria de Meio Ambiente de Barueri

Encerrada com quase 1.900 votos, a enquete para eleger o novo mascote da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente. A votação aconteceu através de formulário publicado no jornal oficial, nos laboratórios de informática das escolas da rede municipal e também pelo portal da Prefeitura de Barueri. Cinco animais, tratados pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres – Cetas, foram os selecionados para concorrer: a ararajuba, o papagaio, o cachorro do mato, o tamanduá e a coruja, que venceu com 512 votos.

O Papagaio teve 498 votos; o cachorro do mato 467 votos, o tamanduá 215 votos e ararajuba 203 votos.

O Cetas Barueri tem o objetivo de tratar animais silvestres doentes, provenientes de apreensão, entrega voluntária ou que são vítimas de maus tratos no município e região.

Com uma área construída de 850 metros quadrados, o Centro tem capacidade de receber até 3.000 animais/ano. Ao todo são 30 recintos, sendo 21 de reabilitação de mamíferos e aves, um de treinamento de vôo, seis de quarentena e dois de reabilitação de répteis. O espaço conta com biotério, berçário, ambulatório veterinário, internação, cozinha para animais, depósito, vestiários, administração e copa para funcionários

Uma equipe de veterinários, biólogos e tratadores especializados registram, identificam, prestam atendimento veterinário e realizam treinamento de reintegração do animal silvestre ao seu habitat natural.

Após reabilitação o animal é encaminhado para áreas de soltura, em regiões de ocorrência de sua espécie, ou segue para criadouros autorizados pelo IBAMA ou pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Caso o cidadão encontre um animal ferido, a Guarda Municipal Ambiental pode ser acionado pelo telefone 4198-3205.