Em balanço de dois anos de governo, Rogério Lins destaca ações na Saúde, Educação e Segurança

O prefeito Rogério Lins (Podemos) completou dois anos à frente da Prefeitura de Osasco, cidade que tem hoje o sexto maior PIB do país, e divulgou um balanço sobre as realizações da primeira metade da gestão.

Entre os destaques, cita que o município também comemora a nota 6.1 no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), a maior da história da cidade, e a colocação obtida no relatório da Transparência, cuja nota atingiu 8.4, a melhor pontuação do município.

O prefeito afirma que encerrou o segundo ano de mandato cumprindo boa parte das promessas feitas ao longo da campanha: dobrou o efetivo da Guarda Civil Municipal, contratou mais viaturas e motocicletas para a GCM, implantou o COI (Centro de Operações Integradas), que entra em sua segunda etapa com o cercamento da cidade e integração do DETECTA, e ampliou o orçamento destinado à área de Segurança. O orçamento, que era de R$ 48,37 milhões em 2015, saltará para R$ 77,57 milhões em 2019.
As preocupações e investimentos da administração também estão voltados para as áreas de Saúde, Educação e Habitação, destaca Rogério Lins.

Habitação

Nos próximos meses, o prefeito entregará as primeiras unidades do Conjunto Habitacional Miguel Costa, construído em parceria com o governo federal, através do PAC 2 (Plano de Aceleração do Crescimento).

São 48 prédios que beneficiarão 960 famílias que viviam em situação de vulnerabilidade social no Jardim Rochdale, Jardim Santa Rita e na área, em Quitaúna, onde foram erguidas as unidades habitacionais. O conjunto ganhou também toda a infraestrutura com quadras, áreas de lazer e jardinagem.

Ainda na área de Habitação, Osasco constrói o Conjunto Habitacional Vila Alemanha com 300 unidades na Avenida Sarah Veloso, no Jardim Veloso, e promove a regularização fundiária de inúmeras áreas como Santa Maria e Rochdale.

Educação

Na Educação, nos próximos meses, Osasco entregará as obras das oito creches que abrirão mais de duas mil vagas em creches, quando somadas às duas já entregues no Jardim São Pedro e Jardim Novo Osasco. As creches em construção ficam nos bairros 1º de Maio, Jardim Roberto I, Jardim Roberto II, Jardim Conceição, Jardim Veloso, Vila Menk, Santa Maria e Vila Militar.

Ainda na área da Educação, os 68 mil alunos matriculados na rede municipal receberam kit de material escolar e uniformes – camisetas, agasalhos, meias e tênis -, inclusive os matriculados nas creches. Os uniformes entregues ganharam as cores da bandeira da cidade: verde e branco.

Saúde

Na área da Saúde, o prefeito Rogério Lins destacou a implantação de Pediatria 24 Horas em vários bairros; a reforma e revitalização de Unidades Básicas de Saúde e Pronto Socorros; ampliação do número de leitos na Maternidade Municipal Amador Aguiar e no Hospital Municipal Antônio Giglio; na maternidade, além de leitos conjuntos para mães e bebês, a criação de 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva; implantação de ambulatório pediátrico e o Centro de Fisioterapia. Um dos principais destaques foi a contratação de mais médicos, que possibilitou ampliar o número de 15 mil para 25 mil atendimentos.

Infraestrutura

Rogério Lins ressalta ainda o investimento em infraestrutura, com o programa Asfalto Novo; a substituição das lâmpadas de vapor de sódio por lâmpadas de LED e desenvolvimento do programa “Seu Bairro no Coração da Gente”, que reúne ações de zeladoria, limpeza e revitalização, a fim de organizar bairro a bairro e resgatar o orgulho e amor que o cidadão sente pela cidade.

Empregabilidade

De acordo com o prefeito de Osasco, os investimentos da administração pública também se ampliam nas demais áreas com a oferta de empregos, através da reabertura dos Portais do Trabalhador; implantação do Mãos do Futuro, espaço que qualifica e forma a mão de obra para o concorrido mercado; dos CIDs (Centro Itinerante Digital), que oferecem cursos de informática gratuitos. Essas ações são complementadas pelo empenho na atração de novas empresas, que geram emprego e renda à população.

Diálogo com os governos estadual e federal

Para garantir mais obras e infraestrutura, Rogério Lins destaca que tem recorrido aos governos federal e estadual. Há dois meses conseguiu a liberação de R$ 15 milhões para a área de Saúde, que virão por meio de emendas parlamentares; parceria com o governo do Estado para trazer um AME (Ambulatório Médico de Especialidades) a cidade, o que já foi ratificado pelo edital publicado no Diário Oficial do Estado no dia 13/12; construção do novo acesso a Osasco a partir da Rodovia Castello Branco.

Visão Oeste

7 Replies to “Em balanço de dois anos de governo, Rogério Lins destaca ações na Saúde, Educação e Segurança”

  1. Tá de sacanagem né?
    Ontem 02/01/2019
    Depois de 4 horas de espera na UPA centro desistimos. Uma única médica, dando sangue, atendendo num forno, aquilo é desumano. Meia noite, mais de 32 graus lá dentro.
    Idosos passando mal…
    Vai trabalhar de verdade sacana!

  2. Desculpem,algumas informações não são verdadeiras. Até porque a realidade é outra. Entendo que vcs (midias) são pagos para repassar informações mentirosas e favorecer quem lhes paga. Mas a verdade e realidade, não condiz com a realidade. Essa gestão está sendo uma das piores. Prefeito mal assessorado, sem caratér, mentiroso.

  3. E por gentileza, façam o correto. Repassem noticiais reais. Vá as Ruas, e faça uma pesquisa real sobre o atual prefeito. As mentiras aqui contada, não condiz com a realidade.

  4. Desculpem,algumas informações não são verdadeiras. Até porque a realidade é outra. Entendo que vcs (midias) são pagos para repassar informações mentirosas e favorecer quem lhes paga. Mas as informações aqui citadas, não condiz com a realidade. Essa gestão está sendo uma das piores. Prefeito mal assessorado, sem caratér, mentiroso.

  5. Boa noite. Gostaria de saber porque está faltando 2 medicamentos na farmácia central a mais de 6 meses.
    Antes até faltava mas logo chegava,agora o fernobarbital ( gardenal ) já faz quase um ano que não tem. Quando a gente questiona sempre a mesma resposta está
    “Está em negociação para compra”
    O outro é a fluoxetina. Por favor senhor prefeito toma alguma providência pra acabar com esta falta.

  6. Vcs estão mal informado eu conheço a deficiência da saúde de Osasco toda,e não tem fundamento que tem destaque na saúde, propaganda enganosa é crime, saúde está uma vergonha um lixo, não tem remédio no posto de saúde, falta de remédio, olha a piada tem insulina e não tem siringa, não tem omeprazol, não tem AS, Losartana, alondipino,etc médico em casa para idoso uma porcaria, tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *