Estudante agredido por policial em manifestação, é de Osasco

Fonte: Correio Paulista

Mateus Ferreira da Silva, de 33 anos, que foi agredido por um policial na última sexta-feira (28), em Goiânia, na manifestação que parou o país, é osasquense. Mateus sofreu traumatismo cranioencefálico e múltiplas fraturas.

Em nota, a Universidade Federal de Goiás, onde Mateus estuda, repudiou a violência contra o estudante e cobrou as autoridades goianas a adequada punição aos responsáveis.

Segundo informações, o capitão da Policia Militar, Augusto Sampaio de Oliveira Neto, já se envolveu em pelo menos quatro ocorrências de agressão.

Mateus, que cursa ciências sociais, está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas obteve uma melhora na parte respiratória.