Exame comprova que cantor Victor não agrediu a esposa

O resultado do exame foi divulgado nesta segunda-feira (13) e comprova que as agressões sofridas por Poliana Bagatini, de 29 anos, que está grávida, não foram provocadas pelo cantor.

No último dia 24 de fevereiro, a esposa de Victor foi até uma delegacia da mulher e prestou queixa contra o marido, dizendo foi agredida pelo cantor. O exame foi realizado no Instituto Médico Legal de Minas Gerais.

Segundo a delegada do caso, Danúbia Quadros, ainda está sendo aguardado o laudo pericial das imagens do circuito interno do prédio onde a suposta agressão aconteceu. Além disso, nenhum vizinho ou funcionário do prédio disse ter visto a briga do casal.