Famílias do Piratininga recebem título de regularização

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, entregou no sábado, 25/1, títulos de regularização fundiária a 134 famílias da chamada Área CO, localizada nas proximidades do prédio do INSS, no Jardim Piratininga. Ao todo são 204 lotes naquela localidade, mas algumas famílias ainda não providenciaram a documentação necessária para terem direito à regularização, que integra o Programa Moradia Legal.

Secretários municipais e vereadores da bancada de sustentação do governo na Câmara também participaram do evento, no pátio da Emef Luiz Bortolosso. A escola passou por ampla reforma no ano passado. Outras unidades também estão com obras em andamento.

A maioria das famílias contempladas aguardava há pelo menos 25 anos a regularização. É o caso do aposentado Aparecido Xavier dos Santos, 77 anos. “Foram longos anos de espera, mas acabou essa incerteza. Agora temos segurança de que é algo que nos pertence”, disse.

Rogério Lins elogiou as famílias pela insistência e paciência. “Sei que foram muitos anos de luta. Mas agora vocês terão a segurança jurídica e tranquilidade para tocar a vida de vocês, dos filhos e netos”.

O chefe do Executivo também participou da entrega da renovação da permissão de uso de área concedida à Associação Amigos do Helena Maria, na Avenida Walt Disney. Fundada em 1º de janeiro de 1970, a entidade comemora 50 anos e é presidida por Estela Kein.

Durante o ato, Lins lembrou de algumas melhorias realizadas no bairro nos últimos meses, entre elas a instalação de um Ecoponto nas proximidades da associação e o recapeamento da Walt Disney, e informou que ainda este ano serão entregues as obras da creche Mundo da Criança (no prédio onde funcionava a FITO zona Norte) e iniciada a construção do Hospital da Criança, ambas na Avenida Getúlio Vargas, no Jardim Piratininga.

O prefeito também anunciou que em aproximadamente 40 dias o Pronto-Socorro Osmar Mesquita, no Helena Maria, será interditado para início das obras de reforma, e que em “um ou dois meses” será iniciada a reconstrução do Velório da zona Norte, no mesmo bairro. “Além da reforma do PS, contrataremos mais profissionais para melhorar o atendimento. E, em relação ao velório, vamos entrar em fase de licitação. Essa região precisa ter novamente um espaço para que as famílias possam velar seus entes queridos”.

Secretaria de Comunicação Social