Fundo Social de Barueri capacita pessoas na área de Estética e Beleza

Os cursos de geração de renda oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade de Barueri são uma ótima oportunidade para pessoas com ou sem conhecimento técnico, ou seja, podem ser usados para aprender uma nova profissão ou aperfeiçoar e atualizar conhecimentos. Prova disso são os 193 alunos que receberam seus certificados nas áreas de Estética e Beleza. A cerimônia aconteceu na sede da Secretaria de Promoção Social na terça-feira, dia 2.

A formanda de Maquiagem, Verônica Diamantino, contou sua experiência. “Fiz bom proveito do curso e já estou gerando renda. Meu conselho é que as pessoas conciliem um ou mais cursos, pois quem trabalha nessa área precisa somar conhecimentos. Eu sou prova disso.”

Cristiane Nunes, que cursou Assistente de Cabeleireiro, contou que já maquiava e agora aprendeu a mexer com cabelo. “Para mim, é uma nova perspectiva. O cliente que queria uma maquiagem não precisa procurar outro profissional, faço também o cabelo e isso me ajuda financeiramente”, relatou. Josiane Ramos, que cursou Manicure, já trabalhava na área, no entanto ela conta que nem tinha noção de muitas coisas que aprendeu no curso.

Sem crise

A área de Estética e Beleza é pouco atingida com a crise. O Fundo Social ofereceu, em parceria com o Instituto Labor e Vitta, cursos de  assistente de cabeleireiro, depilação, maquiagem, estética facial, estética corporal, design de sobrancelha, manicure e pedicure. As aulas foram ministradas na sede da Promoção Social e também na Secretaria da Mulher.

A vice-presidente do Fundo Social, Valéria Fugii, incentivou os formandos a continuarem buscando seu aperfeiçoamento: “o curso de geração de renda é sempre um diferencial importante. Parabéns a todos pela dedicação”.

Já a presidente do Fundo Social Estrela Guia, Sônia Furlan, destacou que o segmento da estética não se abala com a crise: “sabemos que estamos num momento de transição. O Fundo Social trabalha com parcerias e pretendemos retomar estes e outros cursos  que sempre dão bons resultados de empregabilidade e renda. Pensamos sempre nas mulheres que ajudam no orçamento. Estes cursos de capacitação técnica e de geração de renda têm um papel fundamental. Até o final do ano teremos muitos cursos como estes”.

Daniela Aparecida Godoi de Souza Lima, coordenadora do Instituto Labor e Vitta, agradeceu aos professores e à parceria com o Fundo Social.