Moradores de Osasco ganham bolsa de 100% no curso de Medicina

Três moradores de Osasco foram aprovados no vestibular da Universidade Nove de Julho (Uninove) e ganharam bolsa 100% para o curso de Medicina. A ação é fruto de uma parceria entre a Prefeitura e instituição de ensino, que reserva 10% das vagas de cada turma do curso e seleciona bolsistas moradores do município. Para concorrer a uma das bolsas é necessário ter estudado em escola pública ou ter sido bolsista integral em colégio particular. Também é considerado, na seleção, o desempenho do aluno na prova do Enem.

Na quarta-feira, 29/1, o prefeito Rogério Lins foi ao encontro dos bolsistas em suas residências para entregar um jaleco aos futuros médicos. Muito emocionados, Thalita Santos Febbo, Abraão Felipe Nascimento Reis dos Santos e Raiza Rosa Kieliszek Oliveira receberam das mãos do chefe do Executivo o futuro instrumento de trabalho.

Na ocasião, Lins parabenizou os estudantes e destacou que a vitória não é só dos jovens, mas das famílias. “Eles são merecedores por todo esforço e dedicação. Tenho certeza que hoje essas famílias estão muito felizes, afinal é uma vitória não só dos filhos, mas dos pais também”, disse o prefeito.

“A gente não pode desistir. Temos que acreditar nos nossos sonhos, ainda que pareça difícil. Agradeço a minha família e a Prefeitura pelo apoio”, disse Thalita Santos Febbo, 20 anos, moradora do Jardim Baronesa.

“Fiquei muito surpreso quando soube que tinha passado. Mesmo tendo estudado cerca de oito horas por dia, eu sabia que não era fácil. É um sonho realizado e se não fosse essa parceria entre a Prefeitura e a Uninove, assim como muitos outros jovens que têm sonho em fazer Medicina, eu não conseguiria pagar o curso”, explicou Abraão Felipe Nascimento Reis dos Santos, 23 anos, morador do Jardim Munhoz Júnior.

“Estou muito feliz e parece que agora a ficha caiu. É um sonho realizado e eu vou me esforçar todos os dias para dar o meu melhor por aquilo que eu sonhei. Muito obrigado a todos que me apoiaram”, disse Raiza Rosa Kieliszek Oliveira, 19 anos, moradora de Quitaúna.

No curso de Medicina, os alunos terão formação geral reflexiva e ética para atuar nos diferentes níveis de atenção à saúde, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde, nos campos individual e coletivo. A parceria entre a universidade e a Prefeitura de Osasco compreende, entre outros compromissos, a cessão de recursos profissionais para a rede municipal de saúde, ou seja, os futuros médicos reforçarão o atendimento na rede a partir do primeiro ano de curso, atuando na rede básica de saúde, emergência, atenção especializada, ambulatorial e hospitalar.

Participaram da ação, os secretários Fernando Machado (Saúde) e Thiago Silva (Comunicação).

Secretaria de Comunicação Social