Osasco cria novo espaço para acolher população de rua em razão do coronavírus

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência Social, abrirá a partir de quarta-feira, 25/3, um Centro de Acolhimento provisório para atender população em situação de rua que eventualmente venha a precisar cumprir quarentena em razão da epidemia do coronavírus. O espaço, na Avenida Dionísia Alves Barreto, 355, Vila Osasco, funcionará por tempo indeterminado.

 

De acordo com o  secretário da SAS, Cláudio Piteri, a criação  do espaço surgiu em razão da procura por acolhimento por parte de pessoas em situação de rua que antes se recusavam a ir para os outros dois centros de acolhimento existentes na cidade, um no Rochdale e outro na região central.

 

No novo espaço, que é amplo e bem arejado, as pessoas em situação de rua terão os mesmos serviços prestados nas demais unidades, com camas, ala de recreação, banheiros, chuveiros e alimentação, além de atendimento médico por parte da equipe do Consultório na Rua.

 

A equipe do Consultório na Rua conta com 12 profissionais – enfermeira, terapeuta ocupacional e agentes comunitários de saúde – e sai diariamente às ruas para realizar os atendimentos e, quando necessário, fazer encaminhamentos às unidades de saúde.

 

 

 

Secretaria de Comunicação Social