Por menos violência na divisa com São Paulo, Lins pretende se unir à Doria

Fonte: Webdiário

 

A idéia é dividir a responsabilidade com outros municípios da região metropolitana do Estado de São Paulo, para combater a violência nas divisas.

De acordo com Rogério, já foi feito contato com a equipe técnica da prefeitura da capital para a realização dessas ações. Além de Doria, Lins pretende realizar ações conjuntas com o prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves e Barueri, Rubens Furlan.

Segundo Lins, ao longo da semana foram realizadas três reuniões com agentes especializados em segurança pública para definir as ações conjuntas entre a GCM de Osasco e as forças de segurança de municípios vizinhos.  Ainda segundo o prefeito, é justamente por estarem na divisa entre cidades que esses bairros enfrentam problemas de segurança, o que só poderá ser combatido com união de esforços.