Prefeito de Osasco participa da Audiência Pública da Saúde

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, participou na segunda-feira, 30/9, da Audiência Pública da Saúde na Câmara Municipal, que é a prestação de contas e serviços. Também participaram o secretário de Saúde, Fernando Machado, e o superintendente do Hospital e Maternidade Amador Aguiar, Egídio Malagoli Neto.

O secretário de Saúde apresentou dados e informações sobre sua Pasta, após informar que está há 15 anos na saúde de Osasco e que não desiste tão fácil dos desafios que lhe são apresentados. “Temos a tranquilidade em apresentar as informações e falar sobre a reforma e readequação das 35 UBSs para melhor atender a população”, disse.

Eduardo Santana Cordeiro, técnico da Saúde, fez o demonstrativo do relatório quadrimestral, apontando R$ 6 milhões em emendas parlamentares em 2019, além do incremento entre R$ 8 a R$ 10 milhões, que serão transferidos a partir de 2020. Ele também respondeu aos questionamentos levantados pela comissão da saúde.

O prefeito de Osasco disse estar satisfeito com a apresentação e ressaltou a construção do Hospital da Criança. “Um dos meus sonhos era fazer um hospital só para criança. Iniciaremos a construção do primeiro Hospital da Criança com 40 leitos, 10 de UTI, que funcionará 24 horas e terá todas as especialidades. Criança deve ter um atendimento especial. Decidimos construí-lo ao lado da Policlínica Zona Norte pelo fácil acesso para todos”, explicou.

Lins disse ainda que o principal desafio da administração é a saúde pública e é para ela que tem dedicado seus esforços. “Estou sendo otimista. Podemos fazer uma saúde pública melhor. As 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) passarão por reformas. Em algumas já demos início às obras. Estamos contratando mais médicos. Em breve teremos outro concurso para médicos e enfermeiros”, anunciou.

Outra novidade informada pelo prefeito refere-se à reforma e readequação do Pronto-Socorro do Santo Antônio, principal serviço de urgência e emergência daquela região. “Tentaremos fazer a reforma em etapas e entregar a unidade muito melhor à nossa população”.

Secretaria de Comunicação Social