Prefeitura garante manutenção do projeto Oficina das Artes

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, se reuniu com pais de jovens e adultos especiais atendidos no projeto Oficina de Saberes, mantido pela Prefeitura em parceria com a organização social Planeta Educação, para tranquilizá-los e pôr fim aos boatos de que o espaço será fechado no próximo ano. No local são atendidas 70 pessoas especiais.  O secretário de Saúde, José Carlos Vido, participou do encontro.

Os rumores surgiram após a criação do Centro de Convivência Cooperativa Edmundo Burjato, que funciona em prédio anexo (Rua Tomás Antonio Gonzaga, no Jardim Cipava), onde havia a Escola Municipal de Educação Especial Edmundo Burjato.

Os boatos davam conta de que o Centro de Convivência, que também atende especiais (jovens e adultos) seria ampliado e ocuparia o espaço onde funciona a Oficina de Saberes.

“Esses boatos são coisa de quem quer fazer politicagem. É um desrespeito não somente com vocês pais, mas com os filhos de vocês. Fiquem tranquilos, porque o local será mantido. Não tem fundamento nenhum o que andaram falando por aí”, enfatizou o prefeito. Os pais ficaram aliviados com a notícia.

Na Oficina de Saberes (atende pessoas especiais a partir dos 14 anos) os frequentadores  participam de diversas atividades, como confecção de tapetes, pintura de quadros, pulseiras, cultivo de plantas, reciclagem e higiene pessoal, aula de informática, fotografia, vídeo, expressão corporal e música.

Já o Centro de Convivência Cooperativa, mantido pela Secretaria de Saúde,  atende cerca de 200 jovens e adultos que já não estão mais em idade escolar com equipe multidisciplinar (neurologista, clínico geral, terapeuta ocupacional, psicólogos, enfermeiros e dentistas), além de oficinas de artes cênicas.

Imprensa PMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.