Prefeitura inicia distribuição de máscaras de tecido na região central

A Prefeitura de Osasco iniciou na quarta-feira, 15/4, a distribuição de máscaras de tecido à população em mais uma iniciativa para conter a disseminação do coronavírus. A primeira ação ocorreu em frente à estação de trem da CPTM, onde há grande circulação de pessoas. Depois, a equipe seguiu para a feira livre do Helena Maria. No primeiro dia foram distribuídas 50 mil máscaras.

Na região central, tão logo saía da estação de trem, o munícipe era recepcionado com álcool em gel e a oferta da máscara. Na sequência, podia optar entre passar pela Estação de Higienização ou lavar as mãos com água e sabão nas pias instaladas no local.

Vandilma Ferreira Oliveira, 59 anos, moradora do Jardim Veloso, estava acompanhada das duas netas: Taline Alencar, 7, e Rafaela, 3. “Fiquei sabendo que iriam distribuir máscaras e vim correndo para garantir para a minha família”, disse.

Já Ednilza Aparecida Ferreira, 37 anos, estava passando pelo local e decidiu aproveitar. “Que bom que a prefeitura está fazendo isso. Melhor assim, porque daí a população fica mais consciente e passa a se preservar mais”, disse.

O uso de máscara é uma das medidas de prevenção defendida pelo Ministério da Saúde durante a pandemia. O ministério defende o uso de máscara de tecido, justamente para que não falte equipamentos de proteção para equipes de saúde. Isso porque, houve uma corrida desenfreada às farmácias à procura de máscaras, o que provocou o desabastecimento.

Além do uso da máscara também é reforçado, a todo momento, para manter o isolamento social, evitar aglomerações, adotar as medidas de higiene como lavar as mãos com água e sabão e fazer uso de álcool em gel.

AÇÕES

Em Osasco, a Prefeitura implantou a Estação de Higienização no Centro, com o objetivo de higienizar roupas, calçados e pertences pessoais (bolsa, mochila, entre outros) de quem passar pelo local.

A Prefeitura também realiza a operação de desinfecção dos locais com grande movimentação de pessoas, como portas de estabelecimentos comerciais, pontos de ônibus, proximidades das unidades de saúde, quadras, praças e ruas. A solução aplicada pelos profissionais é um composto de água, cloro e desinfetante.

Secretaria de Comunicação Social