Prefeitura presta assistência às famílias desabrigadas do Morro do Socó

A Prefeitura de Osasco criou um pacote de ações emergenciais para atender toda a população atingida pelas fortes chuvas que caíram em Osasco no dia 10/2, quando foram registrados 186mm, maior volume dos últimos 7 anos. Uma das iniciativas abrange o lançamento do Programa Acolher – Osasco, que mobiliza centenas de pessoas solidárias da sociedade civil e empresarial, além da administração pública, visando garantir que as pessoas que sofreram com perdas materiais possam receber a assistência necessária neste momento.

O Fundo Social de Solidariedade, que encabeça essa ação junto a Secretaria de Planejamento e Gestão, recebeu até segunda-feira, 17/2, a doação de mais de 300 eletrodomésticos (fogões e geladeiras) e 12 toneladas de donativos (alimento, água, produtos de higiene e limpeza), colchões, cobertores e muitos outros itens, beneficiando 4.325 pessoas.

No site Acolher Osasco (www.acolher.osasco.sp.gov.br) é possível fazer sua contribuição. Também é possível fazê-la diretamente na sede do Fundo Social (Avenida Lázaro de Mello Brandão, 140, Vila Campesina).

Além do Acolher Osasco, a Prefeitura montou dois centros de apoio às famílias. No Centro Cultural e Esportivo, do Portal D’Oeste, é oferecido atendimento das secretarias de Assistência Social e de Habitação e Desenvolvimento Urbano, além da Defesa Civil.

Já no CEU das Artes do Jardim Bonança, 20 famílias do Morro do Socó estão abrigadas desde segunda-feira (10) e recebem café da manhã, almoço e jantar, e participam das atividades culturais e esportivas desenvolvidas pela Secretaria da Cultura, em parceria com o Instituto Morgan  de Educação, Saúde e Esportes. Destas 20 famílias, seis (6) já estão no Programa Bolsa Aluguel, outras duas famílias e duas pessoas sozinhas estão no Serviço de Acolhimento do Rochdale e um adolescente está assistido em uma Casa da Juventude.

De acordo com a Defesa Civil, até o momento, 192 famílias tiveram seus imóveis interditados no Morro do Socó. A Secretaria de Assistência Social e a Defesa Civil continuam atendendo as famílias e fazendo as triagens de cada caso. No momento que a Defesa Civil realiza a interdição de uma moradia, ela elabora o Registro de Ocorrência, entrega ao morador, que deve procurar a Assistência Social para emitir o documento para que a Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano faça a inserção do morador no Programa Bolsa Aluguel.

Além dos centros de Apoio, a Prefeitura realiza, por meio da Secretaria de Serviços e Obras, o Mutirão e Limpeza Urbana Pós Chuvas, que inclui o recolhimento de lixos e entulhos, limpeza de vias e praças com hidrojatos, desentupimento de galerias e bocas de lobo, entre outros. Já foram atendidos os bairros do Km 18 e Km 21, na zona Sul, Conjunto Hervy, Piratininga, Aliança, Santa Rita, Açucará, Rochdale, Vila dos Remédios, Marieta, Vila Constran e Baronesa, na zona Norte.

Quem deseja se unir a essa corrente do bem e contribuir de alguma forma ou mesmo ser voluntário deve entrar em contato com o Fundo Social por meio do telefone 3652-9400.

Serviço

Para solicitar algum serviço, o munícipe pode ligar de telefone fixo ou celular na Central 156 (156 ou 3651-7080), fazer solicitação via chat no site da Prefeitura (www.osasco.sp.gov.br) ou pelo e-mail:  156@osasco.sp.gov.br e abrir um protocolo de atendimento.

Principais serviços:

Manutenção da Iluminação Pública

Poda de árvore

Coleta de entulho

Serviço de tapa-buraco (pavimento asfáltico)

Desentupimento de bueiros (boca de lobo)

Manutenção de praças e parques

Remoção de carros abandonados

Denúncia de obras irregulares

Denúncia de despejo irregular de lixo e entulho

Agendamento para atualização de informações de Programas Sociais

Agendamento para entrada no Seguro Desemprego

Entre outros

Secretaria de Comunicação Social