Professores do EJA e MOVA participam da XV edição do Novembro Negro

Como parte das ações do “XV Novembro Negro”, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, realizou no dia 22/11, o seminário voltado aos docentes da EJA (Educação de Jovens e Adultos) e do MOVA (Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos), onde foi pautado o “Combate à Desigualdade Étnico-Racial”. O evento aconteceu no Centro de Formação dos Profissionais da Educação, no centro.

A temática foi conduzida por Sônia Couto Feitosa, mestre e doutora em educação pela Faculdade de Educação da USP, professora aposentada da rede municipal de São Paulo, licenciada em letras e pedagogia, autora de diversos livros didáticos e diretora do Instituto Paulo Freire.

Durante o diálogo foi discutido o que o racismo pode provocar desde a infância e como tal violência nunca se apaga, contudo, como os rituais pedagógicos fortalecem o racismo e quais são as possíveis estratégias de combate dentro das escolas, valorizando a cultura negra em diferentes áreas de conhecimento.

Além disso, a convidada fez referência a grandes pensadores como Ângela Davis e Paulo Freire, encerrando a palestra em alusão a Nelson Mandela, vencedor do Prêmio Nobel da Paz: “A única arma para melhorar o planeta é a Educação com ética. Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor da pele, por sua origem, ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se pode aprender a odiar, também pode aprender a amar”, concluiu a palestrante Sônia Couto.

Ao final do evento, os professores apreciaram o coral regido pelos educadores do projeto EJAPRO, Paulo Theodoro da Silva Sabatto e Edenilza de Santana Sabatto. O musical contou ainda, com a participação dos alunos da EMEF Professor Manoel Barbosa de Souza e dos educandos da EMEF Escultor Victor Brecheret.

Secretaria de Comunicação Social