Notícias

Secretaria de Segurança Pública aponta diminuição nos índices de criminalidade em Osasco

Publicado em Notícias

Fonte: Comunicação Prefeitura de Osasco

 

Baseado nas estatísticas divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, a partir dos boletins de ocorrência registrados nas delegacias, Osasco apostou queda de 8% nos homicídios dolosos nos primeiros seis meses de 2017 em relação ao semestre anterior e de 4,17% em relação ao mesmo período do ano passado. A taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes é de 6,61 em 2017 contra 7,04 em 2016. Entre as cidades da região Oeste, o município figura como a segunda mais segura neste quesito.

Quando o crime é de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, Osasco também registra queda nas ocorrências. Foram 3 casos no primeiro semestre de 2017, o que representa uma queda de 40% em relação ao semestre passado e de 25% em relação ao mesmo período de 2016, com 4 e 5 casos, respectivamente. Outro destaque na área de segurança fica por conta dos registros de roubo de veículos. Este ano Osasco registrou 33,40% menos roubos de veículos que no mesmo período de 2016.

Para chegar a este resultado e garantir tranquilidade ao cidadão osasquense, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Segurança e Controle Urbano, criou as operações “Osasco Mais Segura”, “Amanhecer Seguro” e “Lazer Seguro”. As ações preventivas percorrem vários pontos da cidade nas primeiras horas da manhã, à tarde e à noite com o objetivo de coibir roubos, furtos, tráfico de drogas e a circulação de veículos e motos irregulares.

Realizadas numa parceria entre Guarda Civil Municipal e polícias Civil e Militar, as ações já aconteceram em 1.441 locais diferentes entre janeiro e junho desse ano. Durante as operações foram localizados 23 motocicletas e 54 automóveis, fruto de furto ou roubo. No mesmo período foram registradas 4.257 infrações de trânsito.

A mesma força-tarefa montada para combater os furtos e roubos na cidade tem atuado para impedir a realização de pancadões ou o abuso de proprietários de bares e afins, que mantêm o som em alto volume, desrespeitando a lei do silêncio e impedindo o sossego dos moradores vizinhos. As ações são traçadas a partir de levantamento estatístico de ocorrências e também pelas denúncias feitas à Central 156, o canal de ligação entre o munícipe e a administração pública.

 

Apoio da ROTA – Outra medida adotada pela administração pública foi buscar apoio da ROTA nas operações realizadas na cidade, visando a redução dos índices de violência e criminalidade. As equipes da ROTA têm desenvolvido, há mais de um mês, incursões pelo município para aumentar a segurança da população.

54% mais guardas – O concurso público, lançado pela Prefeitura de Osasco, vai aumentar em 54% o número de Guardas Civis Municipais. Serão contratados 200 novos guardas, sendo 100 homens e 100 mulheres. O concurso também prevê a contratação de agentes de trânsito: 80 integrantes.