Suplente de vereador dispara arma durante bate-boca em Osasco

Uma discussão sobre quem trouxe benfeitorias para a região de Presidente Altino virou caso de polícia em Osasco neste sábado (15). O suplente de vereador Altair Soares, o Altair da Padaria (PRP), efetuou dois disparos em direção a André Luis Baia, o Tom, em meio a um bate-boca em um bar sobre a “paternidade” de melhorias no bairro, como a reforma do Campo da Ford.

Os tiros não acertaram Tom, que é ex-jogador de futebol (teria chegado a jogar pelo Palmeiras) e hoje atua na Secretaria de Esportes de Osasco. Altair, que teve 2.493 votos nas eleições municipais de 2016, chegou a assumir cadeira na Câmara Municipal por um mês e meio este ano, durante licença de Ribamar Silva (PRP). O caso foi registrado no 5º DP de Osasco.

Após o episódio, os dois se manifestaram por meio de seus perfis no Facebook. Tom agradeceu pelo apoio recebido e mandou indireta a Altair, que se disse “tranquilo” e postou uma foto junto à mãe em uma padaria no bairro.

“Estou, com a graça de Deus, bem e com meus amigos e moradores do bairro onde nasci e sou criado até hoje”, postou, Tom, antes de alfinetar o “rival”. “Uma coisa é certa: nunca nessa vida a mentira vai prevalecer sobre a verdade”.

 

Visão Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *