24 animais foram adotados na 2ª edição do Pet Day Osasco

Fonte: Imprensa PMO

 

A Prefeitura de Osasco, por meio do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal, órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), realizou no sábado, 25/8, a 2ª edição do “Pet Day – Mega Feira de Adoção de Cães e Gatos”, que teve grande adesão da população. Foram disponibilizados 43 animais todos vacinados, vermifugados e castrados, com exceção dos filhotes, onde a castração fica agendada para quando o animal completar o 6º mês de vida.

Ao todo o evento resultou na adoção de 24 pets, sendo 20 cães, 8 deles adultos e 12 filhotes, e também 4 gatos adultos. O objetivo do Bem-Estar é ampliar mais esses números, pois, atualmente, são 120 animais que precisam de um novo lar.

Durante todo o dia, mais de vinte colaboradores e sete médicos veterinários deram orientações sobre a saúde dos pets e o período de adaptação. Os novos tutores receberam certificados de adoção de guarda responsável e um kit contendo a carteira de vacinação, uma amostra de ração e uma pipeta antipulga doada por meio da parceria da prefeitura com o Centro Veterinário Cães e Gatos 24h.

O evento contou ainda com um posto de vacinação antirrábica, onde 304 animais foram vacinados e um espaço de alimentação com food trucks. O prefeito Rogério Lins esteve presente e prestigiou cada detalhe.

Ele acompanhou a adoção dos animais, conversou com os novos donos, parabenizando-os pela iniciativa e ainda visitou os expositores. “Nosso objetivo com esse serviço é dar uma oportunidade para esses animais terem uma nova família”, ressaltou Lins.

“O resultado do Pet Day tem sido significativo”, comentou o secretário adjunto de Meio Ambiente, Alexandre Capriotti. “Alguns dos animais disponíveis para adoção foram recolhidos em vias públicas, resgatados numa reintegração de posse realizada pela prefeitura e também oriundos de uma denúncia de situação de maus tratos. No caso da denúncia haviam cinco animais, sendo duas fêmeas prenhas. Por isso temos filhotinhos para adoção. Temos muitos animais adultos que acabam ficando porque as pessoas desejam adotar cães ou gatos mais novos”, explicou.

“Quem tem interesse em adotar um animal precisa atender aos critérios de avaliação para garantir a segurança e vivência saudável do animal. É preciso também que não haja arrependimento, pois a devolução é prejudical ao pet”, explicou o diretor do Departamento de Fauna e Bem Estar-Animal da SEMA, Fábio Cardoso. “A garantia do bem-estar do animal é de total responsabilidade do dono. É preciso considerar que um animal vive em torno de 15 anos e precisa haver compromisso para com ele, portanto é preciso estar preparado com todas as obrigações que requer um animal de estimação, seja ele adotado ou não”, reforçou.

Final Feliz

Barba morava no Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal há dois anos. Ele foi resgatado após sofrer maus tratos. Seu nome foi dado pelos funcionários que cuidavam dele. No sábado, ele ganhou um novo lar.

A adolescente Lais Klein Oliveira, de 17 anos, ficou sabendo da feira por meio de seus primos e como desejava adotar um animal, resolveu conhecer o espaço. O amor pelo Barba foi imediato. “Estou muito, muito feliz. A gente se identificou! Eu fiquei sabendo da história dele e quis ele para mim. Agora desejo que a gente saia muito e passeie bastante”, disse emocionada. Sua mãe, Fernanda de Souza Klein apoiou a iniciativa da filha. ”Meus filhos estão felizes. Foi escolha deles. A gente tem quintal, a família é grande e o Barba demonstra ser muito brincalhão. Acredito que ele vai se dar muito bem lá em casa”, reforçou.

Cristina, moradora do Jardim D’Abril também decidiu adotar. Ela escolheu um filhotinho, de apenas 50 dias. “Vimos o Talibã e decidimos ficar com ele. Nem olhamos os outros. Ele está sendo batizado com o nome do time de futebol que meu esposo frequenta por conta do porte dele que vai ser de médio a grande”, disse.

Camila Oliveira veio da Vila Lageado, zona oeste de São Paulo, para escolher uma cachorrinha para seu filho Luck, que tem oito meses de idade. Ela estava passeando com a família, viu a feira de adoção e decidiu parar. Camila já procurava por um filhotinho para dar de presente ao pequeno e o objetivo foi alcançado na 2ª edição do Pet Day. Segundo ela, a convivência entre criança e cachorro faz muito bem para a saúde e ainda ajuda no fortalecimento do sistema imunológico. “O meu bebê ama cachorro e ele adorou a nossa cachorrinha, ela é muito linda! Agora vamos poder acompanhar o crescimento dos dois, as brincadeiras em conjunto. Foi a melhor decisão”, avaliou.

Serviço

A Mega Feira de Adoção de Cães e Gatos acontece uma vez por mês sempre no Estacionamento do Paço Municipal, em frente à Secretaria de Finanças, na Rua Narciso Sturlini, 201.

Quem tiver interesse em adotar um animal de estimação e quiser obter mais informações sobre o programa, basta comparecer ao Departamento de Bem-Estar Animal, localizado na avenida Professor Lourenço Belloli, 1480, no Parque Industrial Mazzei, das 8h às 17h, ou ligar na Central 156.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.