Beneficiários do Recomeçar terão oportunidade de elevar escolaridade por meio do Projeto Aprender

Uma parceria entre a Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda, a Secretaria de Educação de Osasco e a Secretaria de Educação do Estado vai dar a oportunidade, por meio do Projeto Aprender, de os beneficiários do Programa Recomeçar terem a escolaridade elevada. Na prática, os beneficiários vão fazer uma avaliação para aferir o nível de conhecimento de cada um e, se estiverem aptos, terão os níveis de graduação escolar concluídos.

Quem comprovou ter o Ensino Fundamental I incompleto, por exemplo, fará prova de conhecimentos referentes à esta etapa da formação escolar. Pontuando, o beneficiário recebe o certificado de conclusão deste ciclo. Assim também acontecerá com o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio.

Os órgãos envolvidos reuniram os 1.300 beneficiários do Recomeçar nos dias 7 e 8 de julho em encontros curtos de 120 pessoas por período para explicar como vai funcionar o Projeto. Na ocasião, já conferiram o histórico escolar de cada um para a triagem. A avaliação não é obrigatória, mas é importante porque representa a chance de muitos concluírem os estudos e estarem aptos a ingressar no Ensino Superior. Além disso, a conclusão dos estudos nos níveis Fundamental e Médio também abre portas para o mercado de trabalho.

Além da elevação escolar, a equipe da SETRE também fez uma pesquisa, por meio de formulário, sobre a preferência dos beneficiários nos cursos oferecidos pela Secretaria. Com a análise das respostas em mãos, será possível focar esforços na oferta dos cursos mais escolhidos, trabalhando assim a vocação de cada um.

“Notamos que muitos candidatos que chegam ao Portal não conseguem vaga por causa da falta de escolaridade, que é a exigência básica que o empregador faz, na maioria das vezes, quando disponibilizam vagas de emprego com a gente. E sabemos que os beneficiários do Recomeçar logo disputarão essas vagas também, já que o Programa tem tempo específico de permanência. Então acredito que o ‘Aprender’ vai ajudar nessa questão”, explicou Gelso de Lima, secretário de Emprego, Trabalho e Renda. “É nosso papel promover políticas que ajudem as pessoas no seu desenvolvimento pessoal, e isso passa por emprego, claro, que é um direito; mas também passa pela Educação. Formação é tudo!”, concluiu.


PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO – www.osasco.sp.gov.br