Caso Amanda: Polícia faz buscas em Osasco

Policiais civis do realizam buscas na tarde e início da noite desta quinta-feira (22) em uma área em Osasco às margens do Rodoanel à procura da osasquense Amanda Palha, de 26 anos, que está desaparecida desde o dia 12.

Cães farejadores do Canil da Defesa Civil de Osasco participam da procura pela dona de casa, que é mãe de quatro filhos.

Ela é ex-namorada de um chefe do tráfico na favela da Arábia, na região do Jaraguá, zona Norte da Capital, onde o celular de Amanda foi rastreado pela última vez.

Conhecido como “Vampirinho”, ele era ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e foi morto em uma troca de tiros com a ROTA no mês passado. A polícia suspeita que ela tenha sido morta por vingança. A expectativa de que ela seja encontrada com vida é pequena.

Amanda havia iniciado recentemente um novo relacionamento, com um jovem chamado Rodolfo, recentemente. Uma testemunha afirmou ainda, ao “Cidade Alerta”, da Record, que a osasquense teria sido executada em um “tribunal do crime” por suspeitas de criminosos ligados a “Vampirinho” de que ela estaria passando informações à polícia. Ela teria ido a uma delegacia momentos antes de desaparecer.

As buscas por Amanda continuavam até a publicação desta matéria às 19h de quinta-feira (22).

Visão Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.