Greve dos caminhoneiros: Prefeitura de Osasco se pronuncia sobre serviços municipais

A Prefeitura de Osasco divulgou nota no início da tarde de hoje sobre o funcionamento dos serviços municipais em meio ao desabastecimento causado pela greve dos caminhoneiros, que paralisam estradas de todo o país contra a alta nos combustíveis.

De acordo com as informações da Prefeitura osasquense, a situação é menos preocupante do que na cidade de São Paulo, onde a administração municipal decretou Estado de Emergência.

Leia na íntegra:

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA DE OSASCO

A Prefeitura de Osasco informa que adotará alguns ajustes para não prejudicar o funcionamento dos serviços essenciais durante o período de desabastecimento de combustível.
Nesta sexta, a circulação dos ônibus segue os intervalos adotados usualmente aos sábados. Já no sábado, a operação seguirá com intervalos utilizados aos domingos, e, no domingo, a frota será reduzida.

COLETA DE LIXO
O serviço tem condições de atender à demanda com tranquilidade até sábado. Há previsão da empresa contratada receber abastecimento na noite desta quinta-feira, 24/5, permitindo a manutenção dos serviços nos próximos dias.

AMBULÂNCIAS
Serviço será mantido. Caso haja necessidade, haverá remanejamento de combustível de outros veículos da frota da Prefeitura e que atendem as demais secretarias para a Secretaria de Saúde.

SEGURANÇA
As rondas serão mantidas. Em caso de colapso com a falta de combustível, as viaturas serão fixadas nos locais com maior circulação de público.

A Prefeitura acredita que haverá negociação entre sindicalistas e governo, colocando fim à paralisação dos caminhoneiros e desobstruindo rodovias, retomando a normalidade sem aumentar os prejuízos à população.