Hospital veterinário público de São Paulo pode ser referência para Osasco.

O Hospital Veterinário Público, instalado no bairro do Tatuapé, custeado pela Prefeitura de São Paulo e administrado pela ANCLIVEPA (Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais), pode ser a referência para a implantação do serviço em Osasco.

O prefeito Rogério Lins visitou a unidade nesta terça-feira, 22, onde foi recepcionado pelos diretores técnico e administrativo, respectivamente, Luiz Wilson de Oliveira e Wilson Grassi Júnior.

Lins percorreu os 20 consultórios, salas de raio-x, ultrassom, emergência, enfermarias, ambulatório de doenças infecto-contagiosas, internação e cinco centros cirúrgicos. O prefeito de Osasco aproveitou para conversar com as pessoas sobre o atendimento prestado aos animais e com os funcionários sobre o prontuário digital do animal e diagnóstico.

O hospital funciona de segunda a sexta-feira, com distribuição de senhas das 6h às 10h, atendendo entre 300 a 400 animais/dia. A unidade oferece as especialidades de clínica médica, oftalmologia, cirurgia de tecidos moles, ortopedia, anestesiologia, radiologia, ultrassonografia, cardiologia, odontologia, endocrinologia, intensivismo, infectologia e dermatologia, contando com uma equipe de 72 funcionários de apoio e 39 veterinários.

O prefeito disse que foi visitar a unidade para buscar referências para a cidade. “Ainda neste ano teremos dois polos de atendimento em Osasco: uma na zona Norte e outro na zona Sul, que oferecerão exames, inclusive, procedimentos cirúrgicos, garantindo atendimento de excelência aos animais”.

Acompanharam o prefeito na visita, o secretário e o adjunto de Meio Ambiente, respectivamente, Marcelo da Silva e Alexandre Capriotti, além do diretor do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal, Fábio Cardoso, e o vereador Ralfi.

Créditos: Redação- Visão Oeste.

Data: 23-05