Osasco fica fora da lista de cidades com alto índice de internações por covid

Conforme a nova atualização do Plano São Paulo, divulgada pelo governo do Estado na segunda-feira, 30/11, Osasco, a exemplo da capital e outros municípios paulistas, foi reclassificado para a fase amarela de flexibilização da quarentena. Apesar disso, a cidade não está entre os 62 municípios que apresentam alta de internações e contágio pela Covid-19, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde.

Na terceira das cinco fases do Plano SP, atividades como bares, restaurantes, academias, salões de beleza, shoppings, escritórios, concessionárias e comércios de rua voltam a ter limitações de horário e capacidade de público.

Nesta fase, a amarela, a capacidade de atendimento presencial fica limitada a 40% (em todos os setores), o funcionamento máximo é limitado é 10 horas por dia, os estabelecimentos podem funcionar até as 22 horas e fica proibida a realização de eventos com público em pé.

Na última quarta-feira, 25/11, o prefeito Rogério Lins já havia anunciado importantes medidas no combate a pandemia, entre elas a reabertura de forma preventiva de leitos do Hospital de Campanha na Policlínica da zona Norte e intensificação de testagem com o RT-PCR, exame que é considerado o mais assertivo para detectar o coronavírus.

Apesar dos indicadores colocarem Osasco na fase de atenção, a Prefeitura salienta que a colaboração da população é muito importante no enfrentamento ao vírus. Com o uso de máscara, álcool gel e evitando aglomerações é possível viver o “novo normal”.

Secretaria de Comunicação Social