Osasco participa da Copa do Mundo de Xadrez

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (SEREL), através da Escola de Xadrez França Garcia, disputou a Copa do Mundo feminina, evento presencial realizado em Sochi, na Rússia.

As partidas ocorreram entre os dias 13 e 14 de julho, reunindo 103 competidores, sendo que quatro enxadristas representaram o Brasil: Darcy Lima, Alexander Fier, Krikor Mekhitarian e a mestre FIDE de Osasco, Julia Alboredo, 24 anos.

A enxadrista Julia Alboredo, enfrentou a grande mestre polonesa Jolanta Zawadzka, rating 2401, sendo derrotada pelo placar de 1.5 a 0.5, uma derrota de pretas e um empate de brancas.

Outros dois enxadristas osasquenses foram indicados pela Confederação Brasileira de Xadrez, Henrique Muniz e Vitor Carvalho, para representarem o Brasil na Copa do Mundo de Jovens, evento online de xadrez rápido a ser realizado em agosto. Trata-se de uma competição de elite, que reunirá os melhores enxadristas do mundo das categorias sub-10, 12, 14, 16 e 18.

Henrique Muniz, embora seja sub-8, em virtude de seu currículo competitivo impressionante, vai competir na categoria sub-10. Ele enfrentará a nata do xadrez mundial da categoria, mais de duzentos enxadristas de cinquenta países diferentes.

A competição terá dez rodadas, no ritmo de 10 minutos mais três segundos de acréscimo por lance realizado. Serão duas rodadas por dia, entre 1 a 5 de agosto, e os dez melhores se classificarão para a final da competição.

Vitor Carvalho competirá nas mesmas condições técnicas do evento de Henrique, só que entre os dias 11 a 15 de agosto, na categoria sub-14. Como também tem apenas 12 anos, igualmente terá páreos duros pela frente.

Dentre os quase duzentos participantes da categoria, de 45 países, alguns enxadristas já têm a titulação de mestre FIDE, com mais de 2300 de rating.

É uma tradição da Escola de Xadrez, que há quarenta anos participa dos campeonatos. No passado, a escola teve campeões Pan-Americanos, como Mônica Kurihara, Fernanda Hashizume e Roberto Watanabe, que representaram Osasco e o Brasil em inúmeros campeonatos mundiais.

Hoje, Osasco tem o candidato a grande mestre Renato Quintiliano, e os jovens Henrique e Vitor, que têm brilhado no cenário nacional, o que os qualifica para as principais competições internacionais de xadrez.

“Será indiscutivelmente a competição mais difícil que os nossos garotos já participaram. Estão se preparando intensamente, tendo aulas com os professores da Escola de Xadrez de Osasco, os mestres Jefferson Pelikian e Wagner Madeira, que estão precisando controlar a ansiedade dos seus alunos, que não veem a hora de fazer os lances e apertar os relógios. Estaremos torcendo”, declarou o secretário de Esporte, Rodolfo Rodrigues Cara.


PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO – www.osasco.sp.gov.br