Papa nomeia bispo para o Brasil que fez história em Osasco e teve atuação Moçambique.

O papa Francisco nomeou Luiz Fernando Lisboa, que era desde 2013 bispo da diocese de Pemba, no Norte de Moçambique, como bispo de Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, anunciou hoje (11) a Conferência Episcopal de Moçambique.

Em comunicado, a entidade eclesiástica agradeceu o fato de ter contado, desde o ano 2013, com um “grande missionário do Brasil como bispo” na província de Cabo Delgado.

Luiz Fernando Lisboa, que cresceu e teve passagem marcante por Osasco volta ao Brasil depois de ter sido uma das vozes mais ativas em nível local e internacional na crise humanitária vivida no norte de Moçambique, devido aos ataques de grupos armados naquela região rica em gás natural, mas de muita pobreza.

Segundo a diocese, Luiz Fernando Lisboa encontra-se no Brasil e deverá voltar a Pemba no final do mês para as despedidas.

O papa Franciso nomeou também Antônio Juliasse Ferreira Sandramo, bispo auxiliar de Maputo, como administrador apostólico de Pemba.

Crise humanitária

A violência armada na província do norte de Moçambique, onde se desenvolve o maior investimento multinacional privado da África para a exploração de gás natural, está provocando uma crise humanitária com mais de 2 mil mortes e 560 mil pessoas deslocadas, sem habitação, nem alimentos, concentrando-se sobretudo na capital provincial, Pemba. Algumas das ações passaram a ser reivindicadas pelo grupo jihadista Estado Islâmico desde 2019.

Trajetória

Luiz Fernando Lisboa nasceu no dia 23 de dezembro de 1955 em Valença (RJ), filho de Francisco Lopes Pereira e Benedita de Oliveira Pereira.
Dom Luiz veio com a família para a cidade de Osasco quando tinha 9 anos. Aos 19 anos ingressou no Seminário Passionista São Gabriel, em 04 de agosto de 1975, e iniciou o noviciado em 24 de janeiro de 1976 em São Carlos (SP), tendo emitido os primeiros votos de pobreza, castidade e obediência em 22 de janeiro de 1977.

Em 18 de dezembro de 1982 fez a profissão perpétua. No dia 19 de abril de 1983 recebeu o sacramento da Ordem, na Igreja Matriz Santo Antônio, hoje Catedral de Osasco, no dia 10 de dezembro de 1983.

Também, foi diretor dos estudantes de Teologia e assessor provincial para a formação de 1989 a 1992 e vigário paroquial em Osasco, entre 1992 e 1997, passando pela Paróquia Imaculada Conceição do Km 18 e Comunidade Santa Maria Goretti.

Um dos destaques de sua passagem por Osasco foi a participação ativa na organização e coordenação do Centro de Defesa dos Direitos Humanos. (Com Agência Brasil)

Fonte: https://www.visaooeste.com.br/papa-nomeia-para-o-brasil-bispo-que-fez-historia-em-osasco-e-atuou-no-norte-de-mocambique/