Praia perde para Osasco e não evita quinto e decisivo jogo nas semifinais da Superliga

O Praia Clube poderia ter fechado a série semifinal diante do Osasco nesta segunda-feira, garantindo a presença na decisão da Superliga Feminina. Entretanto, o time mineiro foi batido por 3 sets a 1, no Ginásio José Liberatti, em São Paulo, com parciais de 31/29, 27/25, 24/26 e 25/19. Com isso, as equipes terão o quinto e decisivo duelo na próxima sexta-feira, às 19h, em Uberlândia, quando será definido o rival do Sesc-RJ na disputa da taça. Tandara, das anfitriãs, marcou 37 pontos e deixou a quadra como grande destaque.

O jogo foi muito equilibrado, tanto, que os dois primeiros sets acabaram definidos no vai a dois, ou seja, tiveram diferença de apenas dois pontos. Duas jogadoras chamaram a atenção, travando um duelo particular, a oposto Tandara, do Osasco, que terminou a partida com 37 pontos, recorde em jogos de playoffs da competição desde que foi criada, e a ponteira Fernanda Garay, do Praia, que terminou a partida com 20.

Continua depois da publicidade

Garay, aliás, preocupou a comissão técnica do Praia, quando ao tentar salvar uma bola, um contra-ataque do time paulista, já no final do quarto set, se atirou na bola, no fundo da quadra, e acabou sentindo cãibra no músculo estomacal. A partida foi paralisada por quase 10 minutos, para que a jogadora fosse atendida. Ela se recuperou e voltou a jogar. “Não foi nada, passou rápido”, disse ao fim do jogo.O mais curioso nessa decisão semifinal, disputada em melhor de cinco jogos, é que o fator quadra tem prevalecido, pois o Praia venceu as duas partidas que disputou em casa e o mesmo aconteceu com o Osasco. Antes do início da série, o técnico Paulo Cocco havia previsto uma decisão em cinco duelos, embora não desejasse isso. “É um confronto muito difícil, que tem tudo para chegar à quinta partida. Não quero isso, mas temos de estar preparados para tudo!”, disse há duas semanas.

Osasco

Fabíola (1 ponto), Tandara (37), Natália (4), Bia (13), Mari Paraíba (13), Leyva (14) e Tássia (líbero), depois Carol Albuquerque (1), Lorrene, Camila Brait e Paula
Técnico: Luizomar de Moura
Praia Clube
Claudinha (3), Fawcett (9), Fabiana (15), Walewska (15), Amanda (6), Fernanda Garay (20) e Suelen (líbero), depois Natasha, Ananda (1) e Ellen (2)
Técnico: Paulo Cocco